Seja bem vindo.

O Grupo de Estudos 23 de Outubro mantém 11 Blogs, eles falam de moralidade, política, nacionalismo, sociedade e Fé. Se você gostar inscreva-se como seguidor, ou divulgue nosso Blog clicando sobre o envelope marcado com uma flecha ao fim de cada texto. Agradecemos seu comentário. Obrigado pela visita.
www.G23Presidente.blogspot.com




wallacereq@gmail.com.







domingo, 27 de julho de 2014

Eu não posso fazer esse jogo.

Tentei baixar uma foto de um site italiano sobre a perseguição muçulmana aos cristãos. Duas coisas me chamam a atenção. Primeiro: Todos sabem que a imprensa mundial esta sob dominio de judeus. Entâo porque ela nada diz sobre a perseguição dos cristãos e nós so vamos encontrar denuncias em sites católicos? Querem fomentar uma querra cristãos-muçulmanos, mas que os judeus inocentes fiquem de fora?
Segundo, na foto que eu ainda conseguirei diponibilizar, vemos uma bandeira negra e soldados armados com armas russas e um blindado ou locomotiva. Bem conveniente. Eu pergunto vocês conhecem algum paiís muçulmano que construa blindados, misseis, aviões supersonicos, metralahadoras? Eu também não.
Então quem esta armando esses "rebeldes", se é que toda a foto não é uma montagem. Russos? Americanos? Israelences?. Ponham a mão na cabeça  e a cubram de cinzas; e rasguem as suas vestes, porque judeus russos, judeus israelences e judeus norte americanos estão vendendo ou armando esses grupos. Demorei para entender o que o Papa Francisco houvera dito: "Por detras dessas perseguições existem forças que superam em muito o conflito". Prudência.
Eu não posso fazer o jogo de Israel. O mundo cristão não irá combater em favor das "eternas vitimas" que se fizeram os maiores provocadores e perseguidores do mundo moderno. Vejam as ameaças ao Governo Brasileiro: Diz o porta voz de Israel: O Brasil esta optando por fazer parte do problema, ou seja, quem esta contra nós os judeus, é o inimigo do Governo Mundial. Vitimas que somos, como podemos ser acusados de uso excessivo de força? Coitados. E a Dilma quer se recuperar do fracasso da Copa? Ou tudo isso foi previamente articulado?

Coragem Brasil, antes de abrir as pernas, lembren-se da idade media cristã, usem cinto de castidade, porque estão armando!




Um Brasil endividado e agora inimigo de Israel ( nosso credor indireto) he, he, he. Haja Saco para aguentar esse discurso. Vocês lembram o que fizeram com henry Ford quando escreveu o livri titulado "O Judeu Internacional". Pois é... assim é.




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Eduardo Requião.

Eduardo Requião, ex Secretario de Estado anda muito orgulhoso. Acontece que Orlando Pessuti, Ivan Ribas, Doa tico Santos formavam uma rodinha de apoio ao Professor Nodir que distribuía notas de um dólar com a esfinge de Eduardo Requião. Todos os citados acima devem seus empregos ao Requião, ate mesmo o vice governador Orlando Pessuti que sem o Requião seria talvez um deputado de 30.000 votos.

Agora quem conhece a cidade de Curitiba capital do Paraná, sabe que o Senadinho ou Boca Maldita, e um quarteirão onde desocupados,( não aqueles que passam para tomar um cafezinho, mas aqueles que passam o dia ali) e fracassados, aposentados, desempregados e gigolôs de alguma mulher rica que passam o tempo falando mal dos outros para justificar suas existências pequenas e mesquinhas.

Eduardo exulta porque na nota de um dólar ele substituiu o grande presidente Washington. Puxa como o professor Nodir gostaria de pode estar estampado numa nota verdadeira de dólar, ou ate mesmo de carregar uma no bolso, verdadeira é claro. Difícil em? Mas laranja é laranja, e coitados são coitados.

O advogado do diabo diz: Mas o Requião também precisou deles. Respondemos: Sim ninguém nega, mas o Requião não os abandonou, mas quando realmente precisou deles, eles fugiram como ratos.

wallace



Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

O EXCESSIVO PODER DE iSRAEL

O excessivo  poder de Israel esta bem caraterizado nesse fato que vou contar agora:

O Embaixador Brasileiro criticou i excesso de força por parte de Israel. Imediatamente o Governo de Israel  retalha a diplomacia Brasileira " O Brasil tem uma diplomacia nanica, que perde de 7 a 1" O embaixador Brasileiro retruca dizendo que o Brasil em sua história mantém relações de Paz com todas as nações, e que só entrou na guerra para proteger  nas entre linhas os judeus. Imediatamente a Federação Israelita do Brasil pede, exige retratação por parte do Itamarati. Compreendem o excesso de poder econômico de Israel? Um povo que em nome de umaq perseguição se tornou perseguidor. Então eu me pergunto: Por que tanta discriminação em Israel?

Gazeta do Povo.

srael repudia crítica do Brasil sobre bombardeios na Faixa de Gaza

Chancelaria de Israel afirmou oficialmente que "o Brasil está escolhendo ser parte do problema, em vez de integrar a solução"

Brasil reforça crítica a Israel por ofensiva em Gaza e retira embaixador do país


Em nota, Ministério das Relações Exteriores condenou "energicamente o uso desproporcional da força"

Brasil convoca embaixador em Israel e critica ação na Faixa de Gaza

O governo brasileiro disse que considera "inaceitável" o que chamou de "uso desproporcional da força" por parte de Israel

Israel critica postura do governo brasileiro sobre conflito em Gaza

EBC Ageência Brasil.

O Estado de São Paulo ( maior Jornal do Brasil.)




Brasil volta a repudiar covardia de Israel, que responde

Brasil reforça crítica a Israel por morte de 700 palestinos em Gaza e retira embaixador do país. Governo israelense responde com duras críticas: "país irrelevante"

Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Curiosidades da Copa.

Na década de 50 os alemães encheram o Brasil de Fuscas (VW), e em 2014 encheu de Gols * nome de outro veiculo VW.

Os três países envolvido no final da Copa eram governados por mulheres, Alemanha, Brasil e Argentina, elas são as que mais entendem de bola.

Alemanha e Argentina são países que têm hoje suas economias dominadas por capitalistas judeus. Argentina é a maior colonia de judeus da América do Sul. E o Brasil já vendeu seu subsolo, pelas mão de FHC e seu genro, para empresários de capital Israelense. Pão ( cesta básica) e Circo (Copa) para o povo, como era na Roma Antiga. Nas Catacumbas ou nos bastidores, corre o sangue de Abraão. ( sem calunias, apenas a verdade) leia o livro edição portuguesa  " O Clube Bilderberg" editora Planeta de Daniel Estolin.( a maior obra de dissimulação dos tempos.)

A FIFA é o modelito de um governo mundial. ( Nossa quanta imaginação) Prestem atenção e vejam como será a tirania. ( e vamos enviar recursos para Gaza não é mesmo?).




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Faleceu meu amigo Paulo Chaves Muller.

Paulo Chaves Muller disse: gosto de ouvir Arnaldo Antunes.

                                                                    Foto recente.
                                                                      Capa de disco.
Cantor, autor, compositor, diretor de Radio, empresário de gravadora, amigo, descobridor de talentos, pai, esposo e gênio portador da melhor memória musical que eu conheci. Meu colega no ginásio. Semtiremos sua falta.

wallace;


Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Documentos que ficamos devendo.


Pouco nitido o diploma de médico obtido em Lausanne, Suiça , concedido a Péricles de Mello e Silva
o garotinho de treze anos que embarcou em Paranaguá em um navio, e voltou ao País como médico durante a I Guerra.







Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Como eles podem se dizer cristãos?

Existem dois documentos católicos indispensáveis para quem pretenda se dizer politico cristão. O desconhecimento desses documentos dificulta o entendimento do surgimento do Comunismo, e já alerta para as consequencias que dai haverim de vir,
São eles, ambos escritos por volta de 1890, e os meus exemplares são dos anos 1951 e 1954.
Imortale Dei sobre a Constituição Cristã dos Estados; e  Diuturnum IIlud sobre a origem do poder civil.

"Mas para  que a justiça presida sempre o exercicio do poder, importa antes de tudo que os chefes dos Estados bem compreendam que o poder politico não é feito para servir o interesse privado de ninguém, e que as funções públicas devem ser desempenhadas para a vantagem não dos que governam ( inclusive ideologicamente) mas dos que são governados".
Pagiba 11, capitulo IV,Diuturnum IIlud, editora Vozes, 1951.






Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

sábado, 26 de julho de 2014

Quero destacar!


Nunca coloquei preço no bem que fiz, e do mal que não fiz sofro a condenação.



Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

A sabedoria de Salomon.

Na homilia de hoje trataram da Sabedoria de Salomon. Dizem que Deus lhe deu um coração tão sábio( hoje chamamos inteligencia emocional) como nunca houve ou haverá jamais para cumprir a justiça. Há algo de errado nisso. Se não haverá homem tão sábio como Salomon, para que pedir um bem inatingível? Todavia houve sim um homem mais sábio, Jesus Cristo. Então a Sagrada Escritura mentiu sobre a sabedoria de Salomon?
 Ontem Jesus dizia, aqui esta quem é maior do que Salomon. Incrível a mesma coisa ouvimos sobre João Batista do qual a Sagrada Escritura diz: Não houve homem mais justo nascido do ventre de mulher, e João era tardio e contemporâneo de Cristo, portanto ele vivia a justiça que Salomon houvera pedido no passado a sabedoria para cumpri-la. Mas o próprio João dirá: Aqui está quem não é digno de lhe desamarrar as sandalhas,  referindo-se a Jesus. 
Jesus nasce de ventre de mulher, é maior que João e Salomon, então o que a Escritura esta nos dizendo,  é que Jesus está em uma categoria diferente, superior, divina e Nele habita a sabedoria de Deus, ou seja, Ele e  Deus são um . Diz Jesus ninguém conhece o Pai senão o Filho, e ninguém irá ao Pai se não pelo Filho. Concluo eu, melhor pedir a sabedoria cristã, a sabedoria de Deus, do que pedir, implorar a sabedoria do rei Judeu, a sabedoria humana. Melhor me preocupar com as Escrituras Cristãs do que as do Velho Testamento.
Se estou errado me corrijam.




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Continuação de "Transgênicos e trans-gêneros.".

Essa segunda parte do texto é um pouco mais dificil que a primeira, e poucos entenderão o simbolismo da Árvore da Sabedoria ( perda da inocência) e Árvore da Vida ( Genética e seus códigos). Porém não deixem de ler. é muito elucidativo.
Kassia Zig.

                                                             Por wallace Requião de Mello e Silva.
Hermann von Helmholtz (1821-1894) parece ter sido o primeiro psicólogo (era filósofo da natureza) a propor a teoria geral da percepção e interferência inconsciente. Para ele, toda a observação, por mais que se apoie em informações obtidas precisamente mediante instrumentos científicos, continua a ser uma inevitável observação pessoal sofrendo a interferência inconsciente (umbewusster schluss)1. O homem, todo homem, é verdade, como faço aqui, projeta a sua sombra na sua obra, em seus projetos. Tal teoria sobre a percepção influenciará outros pequisadores do “determinismo” do inconsciente sobre o consciente. Freud é um deles. Jung é outro. Outros se aplicarão aos testes projetivos, como: Rorscharch; Wechsler; Szondi; Koch, e Mira y Lopes.
               No pensamento cristão veremos esse “determinismo simbólico” expresso como a luta dos filhos das trevas (semiconscientes da lei ou infestados por trevas = fora dos trilhos da reta consciência) e filhos da luz (conscientes da lei ou iluminados pela graça = dentro dos trilhos da reta consciência). Na verdade, sendo Deus, na sua 1ª pessoa, luz, claridade evidente, (verbo = palavra que expressa ação)  ou seja, vontade e inteligência, ação de Deus Onisciente e Onipotente, impera a racionalidade de Deus, ainda que o homem a desconheça, ou não a entenda, ou seja, em última análise: vontade e inteligência de Deus imperam na luz mística, ( embora Deus sendo criador da luz física não se confunda com ela) e só há trevas se Deus assim, livremente quiser, se retirando com sua luz mística - pois tudo pode – originando um “espaço” de trevas, ou seja, um espaço onde Deus e sua luz não estão presentes, ou seja, ainda mais precisamente, o inferno (in-ferus-evons). Esses seres são as imagens das trevas, ou seja, imagens de onde Deus não está, ou imagens dos que estão fora da “Lei de Deus” revelada insofismavelmente aos homens (D’Evons ou Demons)
               Procurei e encontrei na história da arte, gravuras e esculturas ou escritos que provassem a existência de seres mistos, cruzamento entre animais e plantas, homens e animais, animais e outros animais de espécies diferentes, que provem que essa “interferência hipotética” é muito antiga e é, em alguma medida, o determinante das pesquisas genéticas modernas no campo específico da transgenia, e são elas, é óbvio, interferências do inconsciente, ou ainda, no campo místico, inspiração de um mundo de trevas. Anúncio de um mundo terminal, quando os homens perdem a noção da harmonia das leis divinas e naturais.
               No mesmo sentido caminham os trans-gêneros (neologismo) ou seja, os mistos no gênero masculino e feminino, os comuns de dois gêneros. Os “transexuais”, travecos, bissexuais, homossexuais, eunucos, pedófilos, gerontófilos, etc.
               Encontrei uma pequena lista, em um único volume2 pesquisado, que me entusiasmou de imediato a escrever esse artigo para guiar os interessados. A Esfinge dos Naxos (530); o Centauro (470 AC); o Minotauro (século VIII); o Fetiche (estranha figura de ser quase igual aos que as revistas em quadrinhos “imaginam” um extraterrestre: 1000 AC no Japão); o Tao Tie (1200 AC) na China; o Nakaba (150 AC) na Índia; o cabrito Montês Alado (400 AC); a esfinge do Propileu no palácio de Xerxes (Pérsia); o demônio Pazuzu (900 AC) na Assíria; o Gênio Alado (840 AC) figura impressionante da Suméria; os caçadores com cabeça de veado na África; a deusa Tueris (600 AC) do Egito; Horus ( a águia vigilante, 59 AC) no Egito; Sekhenet (a mulher com cara de leão) no Egito; Carnac (bodes com mãos humanas, ou dedos) no Egito; a famosa esfinge de Chifren em Gisé também no Egito. Enfim a “serpente do Paraíso” e a Árvore da Vida.
               Se o leitor focar a atenção nos desenhos animados e brinquedos infantis de hoje verá que muitos são ou seguem essa linha simbólica, a vida recriada pelo homem, algo como se o homem pudesse dizer a Deus como devesse ter sido feito. O curioso, no entanto, é que se fizermos uma linha do tempo, veremos a coincidência do surgimento desses “desejos trans projetados” sempre vinculados à decadência ou ao início dela. Na verdade elas aparecem concomitantes com o rompimento das leis de coesão social.
               Manifestam-se como atos de poder rebelde aos limites naturais, conceituais e simbólicos, num esforço por falsa “libertação de si mesmos”.
1 – Pequena história da Psicologia de Michael Wrertheimer.
2 – Enciclopédia da Civilização e da Arte, volume I; Martins Livreiros.
                              Wallace Requião de Mello e Silva.
                                            Psicólogo.

DIF 5




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Quadrinhas da tia Argentina.

Tudo muda num segundo,
um tufão o mundo agita;
Mas é mãe ainda no mundo
a palavra mais bonita.


OBS a quadrinha assim como a parábola só a entende quem tem fé no coração.

Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Homossexualismo e Judaísmo.


Homossexualismo e Judaísmo.

Quando encontrei esse texto na pasta de documentos enviados à imprensa, vacilei. Estamos em campanha política e o assunto é considerado por muitos eleitores como politicamente incorreto. Li e reli o texto e ele me incitou algumas questões: Se o mundo antigo tivesse o mesmo numero de homossexuais que temos hoje, como ele seria hoje? E como será o futuro da humanidade? Por qual motivo tantas culturas antigas, muito mais antigas que o cristianismo, condenaram, e marginalizaram os homossexuais, sobremodo os homossexuais masculinos? Qual a razão? Essas questões que ocuparam minha mente nestes últimos dias influíram na decisão, e optei por publicar mais esse texto de autoria de Wallace escrito tudo indica antes de 2006.

Kassia Zig.

Homossexualismo e judaísmo.

Por Wallace Requião de Mello e Silva.

      Depois que a Igreja condenou a ordenação sacerdotal de homossexuais o assunto voltou à tona na mídia internacional. Sendo católico, me reservo o direito de escrever sobre o judaísmo, ou melhor, sobre a religião israelita e as suas resistências escriturais ao homossexualismo por três motivos principais: O primeiro pelo fato inconteste de o Cristianismo derivar do judaísmo. O segundo porque salvo pequenas diferenças as escrituras mais antigas das duas religiões são as mesmas. Em terceiro motivo, porque milhares de autores judeus, e revistas e jornais dirigidos por judeus se acharam no direito de criticar o Papado, criticando ou ridicularizando o tema cristão. A Igreja por ser fiel a doutrina de Cristo, o Filho do Deus Vivo, é perseguida como foi o próprio Cristo ao revelar a Verdade por inteiro.
      Para mim como católico o tema não era novidade, pois eu já houvera escrito sobre a Carta dos Bispos da Igreja, emitida e, 1 de outubro de 1986, instruindo a Igreja sobre o atendimento pastoral aos homossexuais. Assim fui me interessando sobre os documentos católicos que tratam do tema.
      Todavia quando, em data muito afastada, eu li um livro titulado “A Fonte de Israel”; obra de James Michener e presente de Max Rosemann ficaram com a nítida impressão (* como intencionava o autor) de que o homossexualismo entre hebreus devia-se a aculturação diz hebreus ais gregos e sua forte influencia. Todavia enganei-me. Se essa era a intenção do autor, isentar aos judeus de culpa de tais comportamentos e trazê-los apenas aos tempos de convívio com os gregos e ROMANOS, época mais adequada aos ataques que se faziam ao cristianismo e a moral cristã, tornado-as praticas marginais e exógenas ao judaísmo e obvio criando um pano de fundo para a critica da sociedade cristã insipiente que rejeitava essas pratica.
Uma posterior leitura da Sagrada Escritura novamente nos leva a concluir que embora também condenada o homossexualismo entre hebreus fosse bem disseminados, (Lv. 20:23 e Jz. 19:22) ainda que se possa dizer que era disseminada no seu entorno, ou melhor, dizendo, no entorno do seu núcleo mais ortodoxo, como muito bem adverte Dom Estevão Bettencourt OSB. Esse fato não lhe atenua por parte dos judeus nem a resistência ao homossexualismo nem a condenação. Lembremo-nos, por exemplo, o episódio de Ló, sobrinho de Abraão, em Sodoma, quando chegou a oferecer suas filhas virgens aos homossexuais para aplacar sua paixão e fúria para com os ilustres e santos visitantes e seus hospedes. A pratica desavergonhada da sodomia (homossexualismo masculino) resultou segundo as escrituras na destruição da daquela cidade semita. Este episódio narrado na tradição judaica foi à causa do surgimento do termo sodomia, um sinônimo histórico do homossexualismo masculino. Outro sinônimo histórico muito antigo, herdado dos gregos vem de “ Pedo Herastes” ( pederasta de origem grega que quer dizer: Aquele que tem amor sexual pelas crianças). O nome feminino, lesbianismo, também de origem grega, vem da ilha de Lesbos, onde Safo (mulher) amante de Feon (mulher), vivia isolada dos homens, e é como dissemos originaria da fabula, ou mito grego, portanto história de fundo moral, que mostra o vazio e a esterilidade da relação homossexual, assim como as consequências trágicas da doentia relação de Safo com suas amantes.
Nos códigos jurídicos dos povos primitivos como os Hititas, Caldeus e Hebreus, já encontramos penalidades contra a pratica homossexual. Vejam que estamos falando de tempos pré-cristãos. Entre os Hebreus encontramos uma condenação geral em Genesis 19:1, 25 em Levitico 18:22 e 20:13; em Juízes 19:17-25; em Reis 14:24 e15:12 e 22:46. Encontraremos também no Talmude: Sanhedrin 54; 78; e 82. No Yabamoth encontramos na 25, na 54b e finalmente no Sotha ( Soth) na 26b.
Como vemos tal pratica aberrante vem de tempos quase imemoriais não fosse seu registro histórico ou religioso. Todavia a antiguidade não lhes dá foro de legitimidade, assim como o homicídio que se registra desde a criação (hipotética ou não) sempre foi ato ilícito e imoral. Tanto o homicídio como o homossexualismo lesa a justiça e são considerados pecados contra a natureza, e contra a vida * esterilidade do ato. Assim nos escritos cristãos, encontraremos em Romanos 1:26-27; Coríntios 5 e 9:1 e ainda Timóteo 1:20, todos textos muito severos.

As condenações não eram levianas. Por Exemplo, em Levitico 18:22 leremos: “Não te deitaras com um homem como te deitas com uma mulher. É uma abominação”. Fui procurar um sentido para a palavra abominação, e encontrei como um sinônimo aceitável o vocábulo hediondo, portanto para os antigos o homossexualismo era um crime hediondo, contra a castidade e a natureza. E para nós o que é?




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Transgênicos simbólicos e trans-gêneros.

Encontramos uma pasta com textos de Wallace Requião de Mello e Silva enviados aos jornais locais, o que não significa que tenham sido publicados. Como são interessantes e elucidativos resolvemos republicá-los.



Transgênicos simbólicos e trans-gêneros.
Por Wallace Requião de Mello e Silva.
Nestes dias, dada a polêmica que se tem travado na mídia, todos já devem saber a diferença entre OGMs ( organismos geneticamente modificados) e Transgênicos. 
Explicando: OGMs são organismo que sofreram modificações genéticas para acentuar alguma caracteristica. Embora todos os transgênicos sejam OGMs, nem todos os organismos geneticamente modificados são transgênicos. Os transgênicos procuram misturar organismos de especies, e ate reinos biológicos ( plantas e animais, por exemplo)"impossíveis" de se misturarem na natureza graças aos seus códigos genéticos, essa impossibilidade tem sido vencida em laboratórios genéticos. Essas modificações genéticas( a quebra dos códigos) poderiam, segundo alguns, num futuro possibilitar a criação de novos seres ( animais ou plantas) criadas pelo homem com direito às patentes e exploração econômica, Assim o homem se tornará co-autor da criação, ou seja atribui ao homem um grande poder, e uma inteligência capaz de prever e avaliar os impactos desses novos seres na natureza. O homem que não criou o espaço cósmico a sua volta, nem foi o criador de si mesmo é tomado de enorme presunção. Tais experiências são uma violência nunca vivida na harmonia cósmica.
Elas interferem voluntariamente em uma sequência hierárquica que a natureza levou milênios para através de códigos genéticos organizar, preservar e transmitir. Essa interferencia inspirada no inconsciente humano, aqui simbolicamente entendida como trevas ( escuro, desconhecido)  uma verdadeira transgreção às leis genéticas com consequencias imprevisíveis.
Por outro lado, anomalias genéticas, alterações cromossomicas são velhas conhecidas das pesquisas genéticas, e são via de regra tendentes ao desaparecimento. Foram eles que provocaram a pesquisa, ou seja,  o estudo das possibilidades de se corrigir pequenas ou grandes anomalias de origem genética, pequenos ou grandes desvios na formação genética dos seres existentes, ou mesmo trazer alguma luz para os mistérios da transmissão genética. As anomalias, na regra geral são causa de deficiências, de defeitos, de perdas. Assim por exemplo todos já ouviram falar em trissomia, ou seja onde deveria haver um par cromossomico há um trio.Na especie humana a trissomia do 21 resulta no mongolismo que é uma deficiência. Então surgem aqueles quedefendem qua a interferencia nos codigos genéticos poderiam eviar , por exemplo o surgimento da trissomia do 21. Ate ai, estamos falando em correção do código genético em busca de saúde e normalidade. Mas o que se nos vem propondo é coisa muito diferente, trata-se de criação de novos seres. Para os que são prudentes poderemos ler todo um capitulo da origem da chamada engenharia genética nos anais médicos da teratologia ( estudo dos monstros ou deformações genéticas), mas isso nada tem em comum com a engenharia genética IN e Trans, ou seja dentro do código de uma especie e misturando códigos de especies diferentes.
O assunto tomou formas surpreendentes desde a descoberta das leis genéticas pelo monge católico Gregory Mendel e estendeu-se filosoficamente para as teorias do mutacionismo ( justificativas para a teoria da evolução) e da pan-espérmia (Darwin, Lamarck, De Vries e outros). Teses que mais do que ciência visavam contrariar  o criacionismo bíblico. Hoje o cabeça do projeto "Genoma", Collins, é criacionista, para vocês verem o quão pouco cientificas eram as bases evolucionistas. Com isso quero dizer que a idéia de cruzar especies acompanha o homem desde muito tempo, e é uma manifestação inconsciente ( diz o autor de "Seriam os deuses astronautas ?") como uma lembrança atávica de uma mistura de seres vindos do espaço e filhos dos homens. Para a psicologia é uma rebeldia, uma forma compensatória  do homem diante de sua pequenês cósmica de atribuir-se poderes que observa em outras especies animais, ou o mais engraçado, tentando se impor como colaborador da criação, da vida, uma especie de engenheiro da voda *( ler de Milton Sullivan, "Magia em Garrafas") e se assim não for, mostra poder como destruidor da vida. O homem parece esquecer que mesmo os mais saudáveis um dia morrerão. Eles parecem querer driblar os limites  da vida com criações, ou invenções. No imaginário humano desde muito encontramos Minotauros, Sagitários, Esfinges, Cíclopes, Sereias, e mais próximo de nossos tempos os Francksteis, Os homens Aranha, os cyborgues, os Transformes, os andróides, os robôs e outros como homem borracha, Super homem, homem mosca, Hulk etc. Algo que os obedeça que os defenda, que os sirva, na ordem da criação Tal como deveríamos obedecer a Deus. Ou seja, queremos nos igualar a Deus em alguma coisa. Ou pelo contrario, criar algo que nos desobedeça, para justificar a nossa própria desobediência ao Criador.

(continua)                                        DWR 01


Hermann von Helmholtz (1821-1894) parece ter sido o primeiro psicólogo a propor a teoria geral da percepção e interferência inconsciente. Para ele, toda a observação, por mais que se apoie em informações obtidas precisamente mediante instrumentos científicos, continua a ser uma inevitável observação pessoal sofrendo a interferência inconsciente (umbewusster schluss)1. O homem, todo homem, é verdade, como faço aqui, projeta a sua sombra na sua obra, em seus projetos. Tal teoria sobre a percepção influenciará outros pequisadores do “determinismo” do inconsciente sobre o consciente. Freud é um deles. Jung é outro. Outros se aplicarão aos testes projetivos, como: Rorscharch; Wechsler; Szondi; Koch, e Mira y Lopes.
               No pensamento cristão veremos esse “determinismo simbólico” expresso como a luta dos filhos das trevas (semiconscientes da lei ou infestados por trevas = fora dos trilhos da reta consciência) e filhos da luz (conscientes da lei ou iluminados pela graça = dentro dos trilhos da reta consciência). Na verdade, sendo Deus, na sua 1ª pessoa, luz, claridade evidente, (verbo = palavra que expressa ação)  ou seja, vontade e inteligência, ação de Deus Onisciente e Onipotente, impera a racionalidade de Deus, ainda que o homem a desconheça, ou não a entenda, ou seja, em última análise: vontade e inteligência de Deus imperam na luz mística, ( embora Deus sendo criador da luz física não se confunda com ela) e só há trevas se Deus assim, livremente quiser, se retirando com sua luz mística - pois tudo pode – originando um “espaço” de trevas, ou seja, um espaço onde Deus e sua luz não estão presentes, ou seja, ainda mais precisamente, o inferno (in-ferus-evons). Esses seres são as imagens das trevas, ou seja, imagens de onde Deus não está, ou imagens dos que estão fora da “Lei de Deus” revelada insofismavelmente aos homens (D’Evons ou Demons)
               Procurei e encontrei na história da arte, gravuras e esculturas ou escritos que provassem a existência de seres mistos, cruzamento entre animais e plantas, homens e animais, animais e outros animais de espécies diferentes, que provem que essa “interferência hipotética” é muito antiga e é, em alguma medida, o determinante das pesquisas genéticas modernas no campo específico da transgenia, e são elas, é óbvio, interferências do inconsciente, ou ainda, no campo místico, inspiração de um mundo de trevas. Anúncio de um mundo terminal, quando os homens perdem a noção da harmonia das leis divinas e naturais.
               No mesmo sentido caminham os trans-gêneros (neologismo) ou seja, os mistos no gênero masculino e feminino, os comuns de dois gêneros. Os “transexuais”, travecos, bissexuais, homossexuais, eunucos, pedófilos, gerontófilos, etc.
               Encontrei uma pequena lista, em um único volume2 pesquisado, que me entusiasmou de imediato a escrever esse artigo para guiar os interessados. A Esfinge dos Naxos (530); o Centauro (470 AC); o Minotauro (século VIII); o Fetiche (estranha figura de ser quase igual aos que as revistas em quadrinhos “imaginam” um extraterrestre: 1000 AC no Japão); o Tao Tie (1200 AC) na China; o Nakaba (150 AC) na Índia; o cabrito Montês Alado (400 AC); a esfinge do Propileu no palácio de Xerxes (Pérsia); o demônio Pazuzu (900 AC) na Assíria; o Gênio Alado (840 AC) figura impressionante da Suméria; os caçadores com cabeça de veado na África; a deusa Tueris (600 AC) do Egito; Horus ( a águia vigilante, 59 AC) no Egito; Sekhenet (a mulher com cara de leão) no Egito; Carnac (bodes com mãos humanas, ou dedos) no Egito; a famosa esfinge de Chifren em Gisé também no Egito. Enfim a “serpente do Paraíso” e a Árvore da Vida.
               Se o leitor focar a atenção nos desenhos animados e brinquedos infantis de hoje verá que muitos são ou seguem essa linha simbólica, a vida recriada pelo homem, algo como se o homem pudesse dizer a Deus como devesse ter sido feito. O curioso, no entanto, é que se fizermos uma linha do tempo, veremos a coincidência do surgimento desses “desejos trans projetados” sempre vinculados à decadência ou ao início dela. Na verdade elas aparecem concomitantes com o rompimento das leis de coesão social.
               Manifestam-se como atos de poder rebelde aos limites naturais, conceituais e simbólicos, num esforço por falsa “libertação de si mesmos”.
1 – Pequena história da Psicologia de Michael Wrertheimer.
2 – Enciclopédia da Civilização e da Arte, volume I; Martins Livreiros.
                              Wallace Requião de Mello e Silva.
                                            Psicólogo.

DIF 5 Obrigado por quem corrigiu o texto ( sagitarios por sanitários, etc)

Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Uma ´´Gazeta do Povo``, com dois pesos e duas medidas.

Uma ´´Gazeta do Povo``, com dois pesos e duas medidas.

Com a ajuda da Secretaria de Comunicação do Governo do Paraná pude coletar recortes de jornais abrangendo um período de janeiro de 2003 a 2006.
Trata-se de uma coleção de 86 volumes de cerca de 500 páginas cada um, ordenados e datados. Todos os jornais do estado estão bem representados, de um tal modo que podemos ter uma visão sinótica dos fatos, e também da leitura que se dá aos fatos pelos diversos jornais. É tão visível a campanha desvalorizante e difamante imposta pela Gazeta do Povo ao Governo do Estado, no nosso entender injustificada e despropositada de valores reais, que posso arriscar a concluir e afirmar que, nessa sinopse, (sinopse = visão de conjunto dos fatos ordenados em diversas narrativas) há já matéria suficiente para ensejar a possibilidade de fundamentar uma ação judicial por parte do governo, demandando na justiça contra esse ´´inverídico e manipulador´´ jornal da capital.
Não vou descer aos detalhes, mas por exemplo, na questão dos transgênicos, a Gazeta do Povo em 24 de março de 2002, página seis, sob título ´´Transgênico é ameaça para as exportações´´ aquele jornal defendia a opinião do então Secretário da Agricultura Deni Schwartz (governo Lerner) da seguinte forma: ´´No Paraná a situação está sob controle. Temos que conscientizar o produtor e impedir que o porto de Paranaguá fique com a fama de passar transgênicos para o exterior´´. Alegando em seguida que a produção de transgênicos no Paraná não ultrapassava 700 sacas, e que mais de 70% dos grãos exportados eram destinados para os países asiáticos que não compravam transgênicos, seria imprudência contaminar as exportações com grãos geneticamente modificados perdendo esses mercados promissores. Ora senhores, quando Requião assumiu em 2003, o mesmo jornal começou uma campanha ao inverso, defendendo o plantio e a exportação de transgênicos, aumentando o número da produção de transgênicos de 700 sacas para 50% da safra (perto de 15 milhões de toneladas) e alegando prejuízo do porto e da economia do estado em função da arbitrariedade do governo proibindo o plantio e a exportação de tais grãos. Tudo isso você pode conferir no jornal citado cima e em recortes (Biblioteca Pública) da Gazeta entre 2003 e 2006. Moveu, gratuitamente contra o governo e o interesse da maioria da população brasileira e paranaense uma campanha difamante veiculando números falsos, prejuízos inventados, cargas e fugas de renda na economia do Paraná irreais ou manipuladas nos números e análises. No governo Lerner, segundo a Gazeta, apenas 17 propriedades haviam experimentado a soja transgênica. No governo de Requião embora a Secretaria de Agricultura apontasse apenas 13 propriedades, o mesmo jornal, atribuía, um ano depois, uma vazão de 50% do total das exportações paranaenses mentindo clara e insofismavelmente, além de irresponsavelmente confundindo a opnião pública. Mesmo admitindo que europeus e asiáticos não admitiam a compra de soja geneticamente modificada, o jornal escondeu as diferenças entre as OGMs e as OGMTs, pois essa última mistura genes de espécies e reinos (vegetal e animal) diferentes, por exemplo misturando insetos às plantas comestíveis ou peixes às frutas, como se as consequencias ambientais fossem desprezíveis. Para Requião, ressaltavam apenas os possíveis ´´prejuízos´´, o atraso tecnológico das medidas, o fim do lucro dos grupos transnacionais, as perdas dos agronegócios, esgarçando os esforços do governo em preservar ambientalmente o estado como espaço livre de transgênicos e garantindo a segurança alimentar dos paranaenses, além do mercado internacional. A Gazeta presta assim um desserviço ao povo do Paraná. E quando um embaixador ou missão comercial estrangeira elogiava o governo do Paraná, na mesma folha editavam, contra Requião matéria difamante com o claro intuito de desvalorizar o governo. É o que digo, dois pesos e duas medidas... um jornal de meias verdades e muito cinismo.

Wallace Requião de Mello e Silva.
DIF 03

Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

terça-feira, 22 de julho de 2014

TRANSGÊNICOS, ENERGIA E A ONU.









Quando o mágico quer preparar o seu truque, ele desvia a atenção para uma das suas mãos, enquanto prepara o truque com a outra. A ONU faz isso na questão dos transgênicos, distrai a atenção desviando os debates de questões centrais. É um grande teatro, onde os brasileiros são os montadores do palco e as vítimas estultas do drama que se encena.
Na Gazeta do Paraná de 1 de abril de 2005, dia da mentira, o relator da ONU, Jean Ziegler, critica a liberação do plantio de transgênicos no Brasil.
Hoje, pelo contrário, já se aceita, com o silêncio da ONU, o plantio, com ou sem rótulo, como se ele não contaminasse as lavouras, e como se não fosse essa, a contaminação programada, a verdadeira intenção dos seus "mentores".
Para o relator da ONU: "a produção mundial de alimentos já é três vezes superior às necessidades de alimentação da população mundial e não seria necessário o uso da transgenia". Mas nós, (leio eu nas entrelinhas o desejo do governo mundial), precisamos da fome, da idéia de produção e lucro para os países pobres, ela é a ponte pela qual e em nome da qual, podemos intervir em territórios soberanos, detentores de minérios necessários, e dominar os povos.
Percebemos nas entrelinhas que logo, logo, os transgênicos serão proibidos para uso humano. Mas suas plantações já terão conquistado imensas áreas pelo plantio e contaminação. Na verdade nunca se quis os transgênicos para uso humano. A fome foi apenas o argumento, o Cavalo de Tróia para a introdução dos transgênicos nos países pobres e em desenvolvimento para dominar-lhes o solo fertil. Promessa de incremento na produção, lucro e comida, a fórmula mágica empregada na sedução. Esses países pobres, são providencialmente os detentores de grandes territórios agriculturáveis, localizados em zonas tropicais, podem, ou reúnem a condição para o plantio de grandes quantidades de grãos oleaginosos. A questão primeira é a patente genética que produz royalties e o controle absoluto sobre as sementes, e também a dependência tecnológica de químicos e insumos produzidos em grandes laboratórios para uso específico, resultando na exploração e controle pelos detentores de suas patentes.
Você dirá: mas por que?
A própria ONU em 1995 produziu um relatório sobre a crise mundial do petróleo e de seus derivados, que dizia, "em espaço menor do que 100 anos haveremos de atingir o mundo como um todo com a crise do petróleo". Você pode avaliar o que isso significa?
Mudar o padrão energético do planeta não é fácil. No modelo energético mais próximo, na possível escala de mudanças de padrão a solução está no álcool combustível e no bio díesel, ou seja, nos biocombustíveis e na eletricidade. Ora, os países pobres, com o clima favorável, e grandes áreas passíveis de utilização agrícola, estariam aptos para a produção de grãos. Aptos e capazes, portanto, de produção de bio combustíveis, e isso faria, ou provocaria com grande possibilidade uma mudança no padrão de desenvolvimento na economia desses países, uma revolução das relações de poder econômico mundial, um fomento "circunstancial" que se apresenta como ironia do destino, alimentando e dirigindo para os países pobres, que preservaram suas áreas porque não puderam explorá-las, e podem, agora, começar a vislumbrar as suas independências econômicas e soberania territoriais, enquanto outros, os mais ricos, ou pelo clima, ou pela ausência de áreas tenderiam a mergulhar na grave crise energética.
Uma revolução no mundo "das cartas dos jogos econômicos". Ora, a solução encontrada pela cúpula foi controlar o setor agrícola por meio de patentes genéticas e tecnologias de domínio, que acabariam como consequência frustrando qualquer tentativa de soberania e independência sobre os bio combustíveis. Assim como primeiro mudaram a lei das águas territoriais brasileiras e depois divulgaram as descobertas do petróleo no pré-sal, o mercado mundial energético estará antecipadamente dominado pelo grande capital que se apropriou tecnicamente e por antecipação, das fontes energéticas do futuro, o atual petróleo, os bio combustíveis, o potencial hidrelétrico e a energia atômica.
Agora, em sequência, em termos mundiais, iniciaremos a falsa discussão muito bem orquestrada sobre as águas, não por causa da vida humana, porque os pobres, as grandes massa populacionais do planeta, é a história que comprova, abandonadas através de séculos de práticas expropriatórias e dominação, que se fodam..., se morrerem, dizem, seria melhor, como chegou a propor Kissinger que assustadoramente queria eliminar um terço da população do México.
Na verdade, pelo contrário, as águas, por causa de sua livre utilização como fonte de vida e energética, provocam o mesmo fenômeno econômico, a possibilidade de mudança do padrão energético de países pobres e isso diz respeito à manutenção do poder e controle do poder mundial. Assim as chamadas Hidroelétricas, os rios, as águas subterrâneas "devem ser dominadas" por leis espertas, internacionais, como uma rotulagem ambiental e controladora das águas, do uso do solo, do subsolo, que devem ser redirecionadas como riqueza econômica, furtando-se do controle dos interesses nacionais de nações emergentes e dirigindo-a para os interesses do macro capital sem bandeira. Por último, quem algum dia viu ou leu os trabalhos de Pavlov, o fisiologista russo autor da psicologia baseada nos reflexos condicionados, sabe que após a segunda guerra, baseadas nas teses de Pavlov começaram a surgir teorias do controle das populações: primeiro pela genética, segundo pelo controle da natalidade das populações, depois pelo controle do alimento e da água, estas consideradas por muitos como armas alimentares e eficiente meio de manipulação das massas. Livros foram escritos sobre a possibilidade de se usar os alimentos como arma de controle de nações inteiras, ou seja, pela tese do reforço (água, alimento e privações) podemos mudar o comportamento humano submetendo multidões.
De qualquer forma, a apropriação da vida na forma do registro de patentes genéticas e insumos tecnológicos resulta no esperto controle dos recursos naturais pelo governo mundial da economia, que a cada dia se aproxima, estará levando as populações de todos os países para a mais completa servidão que a humanidade conheceu, tudo em nome da imposiçõao da tirania ambiental. O show já está montado, as discussões foram criadas para distrair, a ONU desde muito denunciada é uma ferramenta. O critério do consenso, ou seja, da maioria absoluta, é totalmente antidemocrático, pois privilegia as minorias econômicas. Como você viu, cento e setenta países votaram a favor da rotulagem, bastaram três discordar, e três venceram os 170. Além do quê os temas da discussão são absolutamente falsos. Você certamente não acredita, estará pensando, quem será esse pretensioso, possivelmente você ouvirá: quem é esse caipira suburbano que ousa criticar tão ilustres visitantes, conceituados técnicos de fama internacional, promovidos, financiados e acobertados pela ONU? E eu responderei: um homem simples que tem olhos para ver, ouvidos para ouvir e caneta para escrever. Divulguem esse texto e veremos no futuro quem tinha razão. O tempo o dirá.

Wallace Requião de Mello e Silva.

DIF 92

Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Alessandro Volta, o gênio burrinho.

Alessandro Volta, o gênio burrinho.


Wallace Requião de Mello e Silva.



Voltaire costumava dizer, pelo menos é o que dizem os livros, algo assim: menti, menti sempre, fica alguma coisa como se fora uma verdade. Eu, como muitos em minha geração, de tanto ouvir ou ler os ataques feitos à Igreja como sendo a responsável pelo atraso da ciência, afirmação mentirosa, acabei por não perceber a verdade. Por isso é que agora, já amadurecido, estou pesquisando e escrevendo essa série de artigos. Alessandro Volta era o sexto filho de um conde italiano. Considerado burrinho, meio ``autista`` foi entregue aos parentes (para não chamar muito a atenção) e aos padres jesuítas para sofrer uma educação especial. Só falou aos sete anos de idade. Enquanto sua mente silenciosa não articulava palavra, um espírito observador sistematizava e organizava os fenômenos naturais observados por ele.

Vivia em Como, cidadezinha pequena na fronteira da Áustria, habitada por gente considerada inculta.

Com os padres jesuítas aprendeu latim, francês, alemão e inglês, afora é claro, o italiano e a matemática.
Aos dezesseis anos com a morte de seu pai, o conde Fellipo Volta, é colocado pelos professores e pelo tio, seu tutor, em forçada condição de escolher. Direito, vida eclesiástica ou a física. Ele opta pela física e sai do Colégio Jesuíta embora continuasse por longos anos sob supervisão do cônego Gattoni. Com apenas dezoito anos ele faz sua primeira aparição no mundo científico através de uma carta enviada ao físico Nollet. Com ela, a carta enviada a Nollet, os eruditos da época descobrem que o rapaz já estava amadurecido para fazer vôos mais altos. Considerou adequada, aos seus interesses, a carreira de professor e com a ajuda do governador da Lombardia Austríaca, Carlo Firmian, que o nomeou, sobe como um foguete no magistério. Em 1775 Volta inventa o eletrófero. No ano seguinte assegura a invenção do eudiômetro, aparelho existente em todo laboratório, que provoca reação em gases por meio de uma centelha elétrica. Se considerarmos sem paixão esse invento, ele proporcionou a possibilidade técnica da invenção dos motores à explosão interna, e proporcionará no futuro próximo, as ``Fuell Cell`` as famosas ``células de combustível`` das quais, cada dia que passa, mais ouvimos falar. Volta, o burrinho, juntamente com Gay Lussac, determinaram a lei física das expansões dos gases. Em 1776 descobriu o gás metano que via evaporar dos pântanos. Em 1779 já ensinava na Universidade de Pávia. Em 1785 era o reitor daquela universidade. Dedicou-se também a criação do bicho da seda, fez experiências no uso do amianto, na fabricação de vacinas e na criação racional dos lúpulos e da batata.

Em 1800, descobriu a pilha elétrica. Com essa formidável descoberta tornou-se definitivamente uma celebridade mundial e Napoleão (que mandava à época) o nomeou senador e depois conde do reino da Itália. Morreu, esse cientista católico e ``burrinho``, em 1827. Era, como vemos, mais um produto da apurada educação jesuítica que desabrochava na ciência universal.



Wallace Requião de Mello e Silva.

DIF 01
Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

O óbvio!

Na política:
Não se pode ajudar o pobre sem o voto do pobre.

É o óbvio!


Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

A humildade tem um preço


152 pessoas visitaram esse blog no dia de hoje.
OBRIGADO.




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

E o Deputado João Arruda?

Alguém reclamou: O Deputado Federal João Arruda ( Joan Yarrud) (PMDB) não é herdeiro politico de Requião? Claro que sim. Acontece que aos 41 anos de idade, meu sobrinho João é daqueles homens que sabe fazer dar frutos naquilo que herda. Ativo, combativo, criativo, corajoso, independente, ele e sua competente esposa ( ambos formados nos EUA) estão construindo um núcleo familiar independente, ou seja. com mais um mandato João Arruda já terá seus próprios herdeiros, e terá construindo seu nome na história da politica paranaense.
Ele não é do tipo de homem que fica preocupado com a opinião alheia. Analisa os fatos que se lhe apresentam e toma posição, e é isso que lhe dá força como politico e como homem.

Requião tem o maior orgulho de ter investido neste seu sobrinho que tem honrado a sua família e a família de sua esposa.

João Arruda é candidato e reeleição como deputado federal pelo PMDB, numero 1511. Ao lado esquerdo da home page de nosso blog há um ícone escrito João Arruda, clique nele e você entrara diretamente na página do deputado para melhor conhecê-lo.


Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

domingo, 20 de julho de 2014

Para a sua reflexão madura.

Em breve colocarei aqui os documentos que comprovam o que direi. Ingenuo é o eleitor que imagina que a imprensa é livre e tem o bem comum como bem maior. Não é verdade. Todos os meios de comunicação hoje visam objetivos financeiros, e mesmo quando os interesses maiores da nação estão em jogo, a força do dinheiro fala mais alto. Só há uma forma de enfrentar esse fenômeno. Trabalho e verdade.

Quero desafiar o leitor a fazer uma pesquisa na Internet, que por sua vez reflete os outros meios de comunicação;

Vejam vocês, a Via Verde, obra que elegeu pelo menos trés prefeitos como posteriormente vou mostrar. Obra viária importante, bonita, turistica. Porem é uma obra pequena comparada a duplicação do Corredor da Morte * São José Garuva. è um quase nada comparada a Ferroeste, seja em valores, seja em consequencia econômica, seja em importância para a balança comercial de nosso estado.

Dessas três obras, a Ferroeste e a duplicação com recursos do Tesouro do Paraná, de uma estrada federal, de 80 Km, ou a ferrovia de quase trezentos km, não ocupam nem ocuparam tanta mídia como a Via Verde, uma obra urbana de 23 km. É que as duas primeiras foram de iniciativa do governo Requião, e a primeira foi como provarei plataforma para eleição de Lerner, Cassio que era o vice de Lerner e Beto Richa, que era o vice de Cassio.

Enquanto eu organizo os documentos, procurem dados sobre as trés obras na Internet, e se escandalizem.




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Alagoas em festa.


Hoje é aniversário do senhor Hideto Matsubara, em Maceió.

Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Os herdeiros de Requião.

Estes dois eu conheço desde o berço.



Eu esperava os curriculuns dos herdeiros politico de Requião]o, Maurício Requião Filho e Marcelo Almeida. Como demoravam fui pesquisar na Internet, e mais uma vez vejo que o chamado Google BR nao tem isenção. Podemos encontrar na internet os falastrões de sempre, os caluniadores, os injuriadores, mas para minha surpresa na Wikipédia o currículo de Marcelo Almeida foi suspenso por ter sido acusado de publicidade. É um sarro, uma palhaçada completa. Já meu sobrinho é mostrado como um adolescente belicoso, algo muito, mas muito longe da verdade.

Marcelo é engenheiro, culto e muito preparado para o que se propõe; foi Deputado Federal pelo PMDB. Foi Secretario de Estado, ou teve estatues de Secretario na Direção do Detran. A Morte repentina de seu pai, o colocou em emergenciais responsabilidades forçando-o a negligenciar sua campanha de reeleição. Sai do Detran do Paraná, muito estimado pelos funcionários e usuários, dando exemplo administrativos de competência e organização. Hoje é candidato ao Senado Federal pelo PMDB ( 151).


Maurício Requião filho é advogado, aluno da Escola Internacional do Paraná, é fluente no Inglês e Frances. Formou=se pela Universidade de Brasília em 2003. É casado. Com 11 anos de vida profissional trabalhou no mais conceituado escritório de advocacia do Brasil e tem seu proprio escritório. Trabalhou na Câmara Federal em Brasília e conhece os tramites do legislativo federal que lhe pode ser útil no exercício do Mandato Estadual..  Mauricio nasceu e viveu dentro do ambiente politico do Paraná o que lhe dá anos luz de experiência.. Tem os mesmos ideais de seu pai, e é filiado desde seu título e primeiro voto ao PMDB. Longe de ser um "garotinho" tem mais experiência internacional do que muito  empresario executivo de multi nacionais. Ele é candidato a Deputado Estadual pelo PMDB ( 15151)

Aos pouco eu escreverei mais sobre os dois candidatos ( se isso não for um inconveniente, campanha é um treco complicado)



OBS; Meu sobrinho ( 35 anos) pede para corrigir. Embora tenha bom domínio da língua francesas, ele não é fluente. Fluente somente na língua inglesa e portuguesa.


Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

sábado, 19 de julho de 2014

Você esta curioso como estará indo a campanha politica de Requião e Marcelo?

Vejam abaixo essa pequena amostra. Pode ser que eu tenha trocado os nomes de algumas reuniôes.
Quitandinha
Lonfrina
 Londrina

 Jandaia
 Cascavel

Curitiba.
 União da Vitoria.
 Ponta Grossa.

 Francisco Beltrão
 Maringa.
Foz do Iguaçu.

O PMDB É UMA FORÇA QUE NÃO PODE SER DESPREZADA.



Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Mal representando a família.

Hoje estive na Missa de sétimo dia de falecimento de Carlos Manoel dos Santos,( (64) realizada às 19:00 na Igreja Santo Estanislau. Desculpem mas não reconheci ninguém, e não fui reconhecido por ninguém. Assim comunguei na intenção da alma do falecido e me retirei. Lamento mas esses anos todos minha relação com o politico Requião foi uma relação de irmão. Como não trabalhei no governo, nem em autarquias ou prestadores de serviço, desconheço muitos de seus colaboradores. Lamento, mas ainda que mal representada, eu ali representava a família Requião.

Obrigado.





Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Sucesso total em Curitiba.

Ontem durante a noite, Requião ( Governo) e Marcelo Almeida ( Senado) inauguraram comite no bairro Boqueirâo com comício, sucesso total.




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

O Pescador Judeu.

Curioso, nas Universidades brasileiras estão surgindo grupos espontâneos de estudos católicos. Eu acho ótimo. Porém eles aprofundam na intelectualidade dos textos antigos, discutem temas dificeis, creio que ha uma certa vaidade em tudo isso. `´E por esse motivo que quero tocar no assunto do "pescador Judeu".

Antes de Cristo, em seu tempo, e em tempos posteriores existiam muitos filosofos, grandes historiadores e pensadores religiosos. No seio do povo judeu muitos doutos na Lei. No entanto Jesus foi escolher para principe dos seus apostolos um rude pescador. Não analfabeto, pois as cartas de São Pedro parecem confirmar seu estatus de letrado. Pois bem quando Jesus pergunta a ele quem ele pensava ser Jesus, e ele responde: Tu és o Filho do Deus Altíssimo, para nossa surpresa Jesus não o elogia. Ele diz: Não foram os homens ( educação apurada) que te revelaram isso, mas O Espirito.

Então eu pergunto a esses jovens católicos, não seria melhor estar aberto para a Graça, no cumprimento dos Mandamentos, e ao AMOR por meio da Graça, do que decorar textos eruditos? Não seria melhor deixar isso para os Papas. Não sera melhor viver o amor quente do Cristianismo, do que a frieza do intelectualismo?^

Pois Ele disse claramente: Estas coisas foram escondidas aos sábios, mas foram reveladas aos pequeninos.

Obrigado










Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

Requião versus São Vicente de Paula.

São Vicente de Paula um dia acordou para a solução de um problema que lhe parecia insolúvel. Ele percebeu que só ajudaria aos pobres com os pobres. Percebeu que os ricos negociavam suas ajudas e que somente os pobres era verdadeiramente solidários aos problemas comuns de tidos os pobres .

Requião também descobriu algo bem parecido. Governar é servir aqueles que não manipulam o poder. Requião apostou nisso todas as suas fichas, e o Fez em três mandatos. Leite das crianças ( leia nesse blog o texto Qualitat o leite das crianças), Luz Fraterna, Tarifa social da agua, Isenção de ICMS para as micro empresas, Centros da Saúde da Mulher e da Criança, Merenda escolar de qualidade, são testemunhos eloquentes dessa inclinação.






Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acess

ados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Boas notícias.

Boas noticias.
Recebi um computador novo de um leitor desse blog. É um empréstimo, mas chegou em boa hora.
Recebi também de outra leitora, um exemplar de um livro que eu ja não tinha como conseguir. Um livro de 1976 onde eu recebi um premio de primeiro lugar num concurso de contos. Obrigado Rita Maia, eu publicarei meu conto nesse blog, e publicarei outros, de outros autores também. Ambos os socorros vieram em boa hora.
Obrigado Rita, obrigado Ivan .




Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

A pedido da leitora Roseli Silva

Prezada leitora,
O Padre Paulo Ricardo esta bombando na Internet. Suas aulas  em Video e seus artigos têm milhares de leitores. Nosso blog é bem humilde, temos pouco mais de 76.000 consultas. Por esse motivo nós pedimos que não nos envie textos, embora excelentes, que são muito mais lidos em suas origens do que em nosso Blog

Obrigado




15/07/2014 20:34 | Categoria: Espiritualidade

Direção Espiritual: "A dificuldade de amar"

Somente por meio de Cristo o homem é capaz de amar
Uma das queixas básicas das pessoas que se apresentam no confessionário ou na direção espiritual é a dificuldade de amar. Apesar de desejarem a santidade, não sabem como amar concretamente. Isso se dá por causa do amor desordenado que sentem por si mesmas e as impede de amar.
O amor desordenado de si por si mesmo tem um nome: filáucia, e possui um mecanismo psicológico próprio. Não se trata de psicologismo, pois, é sabido que para amar é necessário a graça divina, ela é que torna o ser humano capaz de amar. E é justamente na natureza humana decaída que a graça de Deus deve agir. Por causa do pecado, o homem possui de si mesmo um conceito negativo que se reflete quando ele ama. Ele crê que a iniciativa de amar é sua, pensa que é o Número 1. Assim, toma a iniciativa e passa a realizar atos positivos porque deseja ser amável.
Tais atos, no entanto, permanecem exteriores, não alcançam aquele que deseja ser amado (mesmo que haja manifestação de retribuição do amor), pois o que está sendo “amado” é apenas um personagem criado através dos atos positivos para ser amado e não a pessoa real, que deseja ser amada.
Dessa mecânica nasce a chamada “carência”, pois aquele que realiza os atos positivos com a intenção de ser amado de volta, espera que isso ocorra, espera a retribuição.
Nosso Senhor Jesus Cristo lutou contra a filáucia, contra o amor desordenado ao combater o chamado farisaismo. O fariseu é aquele homem que quer ser amado pela sua obediência à lei. No fundo, o que deseja é comprar o amor obedecendo aos preceitos. Essa atitude se aplica também ao homem moderno em seu relacionamento com Deus. Ao empenhar-se em jejuns, terços, romarias, novenas, visa causar o amor Deus.
É evidente que todos esses atos são necessários à vida cristã, no entanto, é preciso analisar a motivação em realizá-los, que é o que se pretende aqui. Quando a pessoa crê que é a Número 1 do relacionamento com Deus, sem sombra de dúvida, está doente, pois tomou o lugar que é Dele. ELE é o Número 1.
A Sagrada Escritura é taxativa em afirmar que Deus é Amor. São João, em sua primeira carta, fala sobre o amor de Deus e explica como é o amor sadio. Ele diz:
Nisso consiste o amor: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e enviou seu Filho como oferenda de expiação pelos nossos pecados. (1Jo 4, 10)
Portanto, a iniciativa de amar partiu de Deus. Ele amou por primeiro. O amor ordenado consiste no encontro do homem com o amor de Deus que é manifestado em Jesus Cristo na cruz. É por isso que Jesus manifesta uma rejeição total por aqueles homens aparentemente tão virtuosos, que somente desejavam obedecer à lei. Eles se esqueceram quem é o Número 1.
Se o Número 1 é Deus, ou seja, se Ele amou por primeiro, quando o homem crê que a iniciativa de amar é sua, na verdade, está se colocando no lugar de Deus. Sob essa ótica, o que se tem é a idolatria. E assim, o “amor” que brota dela só pode ser desordenado.
Nesse momento, alguns poderiam dizer: “Ah, então o homem é o Número 2!”. Não é verdade. Deus ama o homem e, porque é amado por Deus, o homem se ama. Este é o Número 2. A relação de causalidade existente entre o amor de Deus e o motivo pelo qual o homem deve se amar é também um ato de fé.
Trata-se de um ato de fé, pois implica crer que Deus não erra, portanto, se ele criou o ser humano como criou, está correto. E se o fez assim, a pessoa só pode ser boa, só pode ser um presente para os outros. No entanto, o homem desordenado acredita que Deus errou ao criá-lo como criou, revolta-se contra Deus e quer corrigi-Lo. É evidente que diante disso, toda a afetividade e sexualidade se torna desregrada.
Portanto, o primeiro passo é um ato de fé e de humildade, aceitando que Deus não erra, logo, se criou os homens como criou e os ama, os homens são bons, são amáveis. Ser bom e amável, portanto, é algo que está enraizado no ser do homem. Enquanto o amor desordenado está fixado no fazer. É preciso, pois, entender que Deus fez o homem, por isso, na raiz do ser existe algo de bom, assim, a pessoa deve se amar.
A partir da constatação de que eu amo porque sou bom, pois Deus assim me criou, é que surge o Número 3: eu amo o próximo por Deus. Fecha-se, então, o ciclo: eu me amo, amo o próximo e amo a Deus no próximo. Essa é a dinâmica ordenada, conforme diz São João:
“Se alguém disse: ‘Amo a Deus’, mas odeia o seu irmão, a quem vê, não poderá amar a Deus, a quem não vê. E este é o mandamento que dele recebemos: quem ama a Deus, ame também seu irmão.” (1Jo 4, 20)
Deste modo é preciso derrubar o muro existente entre a vida Igreja e a vida fora dela. Da mesma forma com que nos aproximamos do sacrário para amar Jesus Eucarístico devemos nos aproximar do nosso irmão, para amar Jesus nele.
Para tanto é preciso olhar para dentro do próprio coração e observar o que existe nele que possibilite a vazão desse amor. Ora, se Deus amou a humanidade através da Cruz, que é a manifestação eterna de Deus pelos homens, o que nasce e brota do coração só pode ser a gratidão.
Para amar o outro, o pobre, é preciso que haja a configuração a Cristo, uma mortificação de si mesmo em favor do outro, que só se dá como consequência da ação da graça. São João continua dizendo que foi assim que o amor de Deus se manifestou: “Deus enviou seu Filho único para que tenhamos a vida por meio dele”(9). Somente por meio Dele é que o homem é capaz de amar.
Para algumas pessoas pode parecer muito teórico, mas a explicação é fundamental para dar passos na vida espiritual, pois muitas desordens de natureza sexual e também afetiva acontecem por causa de um amor que deveria ser ordenado, mas que na verdade é desordenado. São Paulo explica por que ocorre a desordem, na Carta aos Romanos:
De fato, desde a criação do mundo, as perfeições invisíveis de Deus, tais como o seu poder eterno e sua divindade, podem ser contempladas, através da inteligência, nas obras que ele realizou. Os homens, portanto, não têm desculpa. Porque, embora conhecendo a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças. Pelo contrário, perderam-se em raciocínios vazios, e sua mente ficou obscurecida. Pretendendo ser sábios, tornaram-se tolos, trocando a glória do Deus imortal por estátuas de homem mortal, de pássaros, animais e répteis. Foi por isso que Deus os entregou, conforme os desejos do coração deles, à impureza com que desonram seus próprios corpos. Eles trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura em lugar do Criador, que é bem dito para sempre. Amém. Por isso, Deus entregou os homens a paixões vergonhosas: suas mulheres mudaram a relação natural em relação contra a natureza. Os homens fizeram o mesmo: deixaram a relação natural com a mulher e arderam de paixão uns com os outros, cometendo atos torpes entre si, recebendo dessa maneira em si próprios a paga pela sua aberração.Os homens desprezaram o conhecimento de Deus; por isso, Deus os abandonou ao sabor de uma mente incapaz de julgar. Desse modo, eles fazem o que não deveriam fazer;estão cheios de todo tipo de injustiça, perversidade, avidez e malícia; cheios de inveja, homicídio, rixas, fraudes e malvadezas; são difamadores, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, soberbos, fanfarrões, engenhosos no mal, rebeldes para com os pais, insensatos, desleais, gente sem coração e sem misericórdia. E apesar de conhecerem o julgamento de Deus, que considera digno de morte quem pratica tais coisas, eles não só as cometem, mas também aprovam quem se comporta assim. (Rm 1, 20-31)
A capacidade de amar do homem é doente porque cada um que não se ama entra na dinâmica de criar um personagem sexual amável, capaz de grandes performances, o que leva sempre a autodestruição. O relacionamento sexual se transforma em algo vazio, destruidor psíquica e físicamente, por consequência, destrói também a sociedade. Infelizmente, Deus abandona o homem à miséria de seu coração quando Ele é retirado de seu lugar.
Santo Tomás de Aquino afirma que a caridade sempre tem um objeto formal que é Deus: eu amo Deus por causa de Deus, amor a mim mesmo por causa de Deus e amo o próximo por causa de Deus. Esta é a dinâmica correta do amor.

De modo prático, todos devem meditar constantemente sobre o amor de Cristo manifestado da cruz. a partir disso, a aproximação com os irmãos, com o próximo por causa de Jesus, por gratidão ao seu sacrifício na cruz. 

Padre Paulo Ricardo.



Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

IBAM e os municipios brasileiros.

1) A enorme diversidade existente entre os municípios brasileiros, faz com que qualquer sugestão, no sentido de redistribuir receitas e encargos, somente possa ser feita depois de uma minuciosa analise do impacto que teria nos diferentes tipos de município.
2)Atenção especial deve-se dar ao pequenos municípios visto que além de constituírem a maioria das unidades de governo, representam a interiorização da administradão, ou seja, são eles que garantem a prestação de um minimo de serviços as populações mais interioranas. (  no Brasil os municípios foram criados por motivação politica eleitoral, e fundiaria pela criação de cartórios, e não pela capacidade natural do município de autosustentação, assim sendo os interesses eleitorais afogam as urgentes mudanças tributarias).
3)Deve-se estar atento para que sejam garantidas aos municípios as condições minimas de funcionamento ( hoje boa parte dos recursos servem para pagar salários de vereadores e chefes do executivo) pois a esfera federal e estadual já demonstram ser ineficientes na prestação de serviços de interesse local, de vez que muitas de suas responsabilidades têm sidi assumidas pelos municípios para que as populações não se vejam à margem da sociedade ( caso dos estados amazônicos, por exemplo).
4)Se as transferencias federais e estaduais representam o mais significativo aportes de recursos com que contam os municípios, elas não representam mais do que uma justa compensação pelos serviços prestados pelos municípios, o que,, alias , ainda é muito pouco, principalmente se for se for feita uma avaliação do que realmente  faz cada uma das  três esferas de governo em favor do cidadão comum.
5)Não se deve persistir no erro já cronico de privilegiar investimentos quase que exclusivamente nas áreas urbanas ( fruto da politica de urbanização para liberar grandes áreas para cultivo de monoculturas  mecanizadas) Esta mais do que provado que esta politica é inadequada. A prova cabal desse equivoco é a situação em que se encontram as grandes cidades brasileiras: longe de serem o orgulho para as suas comunidades, representam um trágico caldeirão de problemas.
6)Deveria ser repensado um sistema
 que trouxesse um maior aporte de recursos para os municípios de pequeno porte, predominantemente rurais, para que tivessem condições de oferecer melhores serviços e com isso evitar que sua população migre em direção aos grandes centros urbanos continuando a sobre carregar os serviços destes.

Esse texto resumido de uma publicação do IBAM ( Instituto Brasileiro de Administradão Municipal) da Fundação Getúlio Vargas, é de autoria de Francois de Bremaeker.

No entanto ouvimos em rede nacional de radio um porta voz do Ministério da Educação dizer que pretendem acabar com as escolas Rurais, por serem inviáveis. Então o entrevistador pergunta: Mas isso não fomentara ainda mais o êxodo em direção aos centros urbanos? E o irresponsavel diz: Não podemos mais ter essa visão romântica de pequenas propriedades, o futuro exige vilas rurais de funcionários das grandes fazendas. Com a mecanização das plantações é obvio que as populações dos grandes centros crescerão, mas isso é questão de planejamento, e completa, nada que não se possa evitar com anti-concepção. Que merda esse o porta Voz do MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DO GOVERNO DILMA (PT). Ou seja as commodities são mais importantes que as pessoas, e melhoraremos a educação impedindo que as pessoas nasçam, principalmente que brasileiros nasçam, pois temos que produzir comida para o gado estrangeiro.


Obrigadp



Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Vocações católicas na China comunista.

Freira chinesas, o fenômeno da perseguição faz crescer vocações na China. Porém no pais das replicas ( cópias perfeitas) devemos ter prudência. Imenso o numero de padres e freiras asiáticos que chegam à America do Sul. Japoneses, chineses, coreanos, vietnanitas e indianos. Curioso não é?

                              Linda Foto!


Hoje temos 11 Blogs, alguns podem ser acessados diretamente nessa página, clicando onde esta escrito, ACESSE CLICANDO ABAIXO, logo depois do Perfil, na margem esquerda. Muito obrigado pela visita.